<img height="1" width="1" alt="" style="display:none" src="https://www.facebook.com/offsite_event.php?id=6010927731378&amp;value=0&amp;currency=BRL" />

Sondagem de Mercado

O painel da Sondagem de Mercado do Produtor Agrícola aborda, por meio de entrevistas com produtores, a percepção de temas relevantes para o agronegócio brasileiro, como: período de aquisição de insumos, mix de financiamento, adoção de tecnologia, veículos de comercialização, entre outros.

O painel de Sondagem de Mercado passou a ser publicado semestralmente.

Menos crédito, mais trocas

Custos de produção elevados e as dificuldades no crédito aumentaram participação de revendas, indústrias e cooperativas no financiamento da safra 2015/16.

O aumento nos custos de produção e as dificuldades para obter crédito pesaram na forma com que os produtores rurais brasileiros bancaram a safra 2015/16. De acordo com a Sondagem de Mercado do 2º trimestre de 2016, a participação das cooperativas, revendas e fabricantes de insumos no financiamento das operações agrícolas foi maior do que o esperado no levantamento anterior, realizado no final do ano passado. Em outras palavras, ganharam importância os fornecedores que vendem a prazo, fora do sistema financeiro, e que negociam mais frequentemente os insumos em operações de troca da produção, o chamado barter.

Os dados da pesquisa do 2º trimestre mostram que 11% dos recursos para financiar a safra vieram das revendas, ante os 3% apontados no levantamento do 4º trimestre de 2015. No mesmo período, a participação das cooperativas passou de 10% para 14% e a parcela das indústrias de insumos acabou sendo de 5%, frente a 2% na Sondagem anterior.

Em contrapartida, os recursos obtidos com bancos e a aplicação do capital próprio dos produtores tiveram uma participação menor do que se antevia no levantamento anterior. A parcela da safra financiada pelos bancos passou de 42% para 37% do 4º trimestre de 2015 para o 2º trimestre deste ano. A queda reflete as dificuldades causadas pelos atrasos na liberação do crédito agrícola para a safra 2015/16, acentuando a busca por fontes de recursos alternativas. Ao mesmo tempo, o caixa dos produtores não foi suficiente para bancar as operações na proporção que eles planejavam. Segundo a Sondagem atual, os recursos próprios representaram 32% do financiamento da safra, uma parcela menor do que a estimativa de 41% do levantamento anterior. A queda é consistente com o crescimento nos custos das principais culturas, o que aumentou a necessidade de desembolso. Para comparar, na média nacional o custo de produção da safra de verão foi quase 15% maior do que na safra 2014/15.

O modo como os produtores adquiriram sementes, fertilizantes e defensivos para a safra 2015/16 reforça a conclusão de que custos mais elevados e os percalços para obter crédito bancário tiveram influência direta no financiamento da safra. Um exemplo: as operações de troca por insumos ganharam importância entre as formas de negociação. No 2º trimestre de 2016, os produtores afirmaram que as trocas representaram 14% das negociações com as cooperativas. No final do ano passado, eles afirmaram que essa modalidade de aquisição deveria representar apenas 8% dos negócios. Entre as compras fechadas com as revendas, as trocas representaram 9% dos negócios – no último trimestre de 2015, a expectativa era de que chegassem a 5%.

Na safra, 47% dos entrevistados compraram fertilizantes nas cooperativas, que foram os principais fornecedores. Em seguida vieram as revendas (37%), seguidas das indústrias (32%). Os resultados permaneceram praticamente estáveis em relação aos do levantamento do 4º trimestre do ano passado, o mesmo ocorrendo com defensivos e sementes.

Planejamento da safra 2016/17

FUNDING

Os produtores não preveem mudanças na participação das principais fontes de financiamento das operações agrícolas da safra 2016/17. Para eles, a distribuição será semelhante à registrada em 2015/16: 37% dos recursos virão dos bancos, 32% do capital próprio, 14% das cooperativas, 11% das revendas, 5% das indústrias de insumos e 1% das tradings. É um resultado mais do que esperado: as sondagens anteriores mostram que, neste momento do ano, os produtores costumam projetar a safra seguinte com base no que aconteceu na temporada anterior.

TECNOLOGIA

A tendência é de ampliação da presença de sementes transgênicas. De acordo com o levantamento, 64% dos produtores afirmam que irão plantar mais de 50% da área com a variedade Intacta. Na safra passada, essa parcela foi de 53%. Dos entrevistados, 82% declararam já ter cultivado lavouras de Intacta. Cerca de três quartos dos agricultores (76%) pretendem aplicar a mesma dosagem de fertilizantes da safra passada – os que dizem que vão diminuir a dose somam 11%, enquanto 13% afirmam ter planos de aumentar a adubação.

SAFRINHA

A Sondagem de Mercado também investigou em que período do ano é definido o planejamento para a compra de insumos da safrinha. As decisões sobre as aquisições de fertilizantes, defensivos e sementes se concentram no último trimestre do ano (outubro, novembro e dezembro), confirmando que os produtores esperam finalizar o plantio da soja precoce para planejar a semeadura da 2ª safra de milho.

Mix de Financiamento | Produtor Agrícola

Funding da operação agrícola

(RM em %)

Safra 2016/2017 Geral

(participação %)

Safra 2015/2016 Geral

(participação %)
Nota: Para se chegar aos percentuais do funding da operação agrícola, calculamos a média simples das respostas dos produtores. Como não foi adotada nenhuma ponderação pelo tamanho de cada produtor, os percentuais do funding fornecem uma indicação do grau de importância dos diferentes agentes no financiamento do custeio agrícola, mas não representam o volume de crédito negociado no Brasil.

Planejamento da Compra de Insumos | Produtor Agrícola

Época de planejamento da compra de insumos para a Segunda Safra

(em % - RM)

Fertilizantes


Defensivos


Sementes

Forma de Negociação | Produtor Agrícola

Com quem comprou os FERTILIZANTES?

(Ranking em % - RM)

Forma de negociação na compra de fertilizantes

(Ranking em %)

Cooperativa

Revenda

Indústria


Com quem comprou os DEFENSIVOS?

(Ranking em % - RM)

Qual foi a forma de negociação na compra de DEFENSIVOS?

(Ranking em %)

Cooperativa

Revenda

Indústria


Com quem comprou as SEMENTES?

(Ranking em % - RM)

Qual foi a forma de negociação na compra de SEMENTES?

(Ranking em %)

Cooperativa

Revenda

Indústria


Nível de preocupação com o crédito de custeio e de pré-custeio para a safra 2016/2017?

(Ranking em % - RM)

FERTILIZANTES | Produtor Agrícola

Dosagem de Fertilizantes para a próxima safra 2016/2017

(em % - RU)

Soja Intacta | Produtor Agrícola

Adoção de Soja Intacta

(em % - RU)

Já plantou soja Intacta?

Percentual de produtores que plantaram/vão plantar acima de 50% da área com Intacta