<img height="1" width="1" alt="" style="display:none" src="https://www.facebook.com/offsite_event.php?id=6010927731378&amp;value=0&amp;currency=BRL" />

Intenções de Investimentos

Esse painel monitora a disposição do produtor em realizar investimentos adicionais ao que faz normalmente, nas seguintes áreas: custeio, máquinas e implementos agrícolas, infraestrutura e gestão de pessoas. Medido a partir de 2015 anualmente, fornece elementos importantes para uma melhor compreensão dos resultados do IC Agro, sendo um bom termômetro das expectativas do setor agropecuário.

O Painel de Intenção de Investimentos passou a ser publicado semestralmente.

Maiores preocupações

Mais uma vez, a questão climática tem destaque como preocupação dos produtores. Na eminência do início do plantio de grãos, este item ganhou maior proporção que no trimestre anterior. Ainda assim, vale ressaltar que o período deste levantamento foi concentrado no mês de setembro, antes portanto dos problemas climáticos que atrasaram o plantio da soja em praticamente todas as regiões produtoras do Brasil.

Houve aumento significativo do número de produtores que apontaram o “preço de venda do produto” e o “aumento do custo de produção” como problemas. O terceiro trimestre foi marcado pela redução nas cotações dos grãos e, com a entrada da nova safra, também era o momento da compra de insumos.

Outros itens recorrentes tiveram aumento, como a preocupação com a “alta incidência de pragas e doenças” e a “falta de trabalhador qualificado”. Este último item foi puxado principalmente pelas preocupações dos produtores pecuários.

Intenção de investimentos

Nesta sondagem, procura-se entender a expectativa dos produtores em realizar “investimentos adicionais” em áreas como: “tecnologia/custeio”, “máquinas e equipamentos”, “gestão de pessoas” e “infraestrutura”.

De forma geral, em razão do cenário macroeconômico do Brasil e da queda das cotações dos grãos no mercado internacional, a expectativa de investimento do produtor agrícola foi impactada de forma negativa. Por outro lado, verifica-se maior disposição do produtor pecuário em realizar investimentos, constatação coerente com o momento favorável pelo qual passa o setor.

Padrão Tecnológico – Produtor Agrícola

No 3º trimestre de 2014, houve redução da expectativa de investimento em tecnologia ligada ao custeio da safra, diante de um cenário de incertezas em relação à economia.

Os agricultores consultados que farão investimentos responderam que estes deverão ser principalmente em “controle de pragas, ervas daninhas e doenças” e “sementes com maior potencial produtivo”.

Máquinas e equipamentos – Produtor agrícola

Mantendo a tendência dos trimestres anteriores, na atual sondagem, 24% dos agricultores entrevistados pretendem investir em máquinas e equipamentos, uma redução em relação aos 30% do último levantamento. Destes, a maioria pretende investir principalmente em tratores.

Gestão de pessoas – Produtor agrícola

Assim como no item anterior, a intenção de investimentos em gestão de pessoas também se mantém baixa, sendo que apenas 27% dos agricultores entrevistados responderam que irão investir nesta área, o que significa uma variação negativa em relação aos 30% da última sondagem. “Formação e treinamento da equipe de gerenciamento” é o item mais citado por aqueles que responderam que pretendem investir.

Infraestrutura – Produtor agrícola

A redução da intenção de investimentos atingiu também o item "infraestrutura", e a elevação observada no 2º trimestre não se sustentou nesta sondagem. Além de seguir a tendência geral, é possível que os investimentos já realizados, estimulados pelos incentivos governamentais através do Plano Agrícola e Pecuário, também ajudem a explicar o resultado. As intenções de investimentos em infraestrutura se concentram na construção de “silos ou armazéns graneleiros”.

Tecnologia/custeio – Produtor pecuário

A expectativa de investimento em tecnologia/custeio melhorou em comparação ao trimestre passado. Os investimentos apontados foram principalmente em "produtividade das pastagens", "genética" e "nutrição".

Conclusão

Em linha com as respostas do Índice de Confiança, notou-se grande redução das intenções de investimento em relação aos trimestres anteriores por parte dos produtores de laranja, cana e grãos. Enquanto isso, os produtores pecuários pretendem investir mais do que anteriormente diante de um cenário mais otimista vivenciado pelo setor.



A seguir, apresentamos os principais resultados.

Agropecuária - Os maiores problemas do seu negócio (RM em % Ranking) - 3º Trimestre de 2014

Agricultura - Investirá mais em tecnologia/custeio? (RU em %) - 3º Trimestre de 2014

49%2T2014: 63%**
*Controle de pragas, doenças e ervas daninhas
**Refere-se a resposta SIM do 2º trimestre de 2014

Agricultura - Investirá mais em máquinas e equipamentos? (RU em %) - 3º Trimestre de 2014

24%2T2014: 30%*
*Refere-se a resposta SIM do 2º trimestre de 2014

Agricultura - Investirá mais em infraestrutura? (RU em %) - 3º Trimestre de 2014

19%2T2014: 29%*
*Refere-se a resposta SIM do 2º trimestre de 2014

Agricultura - Investirá em mais gestão de pessoas? (RU em %) - 3º Trimestre de 2014

27%2T2014: 30%*
*Refere-se a resposta SIM do 2º trimestre de 2014

Pecuária - Investirá mais? (RU em %) - 3º Trimestre de 2014

65%2T2014: 53%*
*Refere-se a resposta SIM do 2º trimestre de 2014