<img height="1" width="1" alt="" style="display:none" src="https://www.facebook.com/offsite_event.php?id=6010927731378&amp;value=0&amp;currency=BRL" />

Intenções de Investimentos

Esse painel monitora a disposição do produtor em realizar investimentos adicionais ao que faz normalmente, nas seguintes áreas: custeio, máquinas e implementos agrícolas, infraestrutura e gestão de pessoas. Medido a partir de 2015 anualmente, fornece elementos importantes para uma melhor compreensão dos resultados do IC Agro, sendo um bom termômetro das expectativas do setor agropecuário.

O Painel de Intenção de Investimentos passou a ser publicado semestralmente.

Maiores preocupações

Na sondagem atual, a questão “climática”, continua ter destaque como o maior problema, mas foi registrado um significativo recuo em relação ao trimestre anterior em função das lavouras de verão anuais de grãos já terem sido colhidas.

Merece destaque no segundo trimestre o item “preço de venda do meu produto”. Produtores de grãos relataram preocupações com a tendência de queda das principais commodities agrícolas diante da possibilidade de uma super safra nos EUA.

A sondagem de investimentos reflete ainda a preocupação com outros pontos, com destaque para a “alta incidência de pragas e doenças” e a “falta de trabalhador qualificado”, itens recorrentes também nas sondagens anteriores. Completaram ainda a lista das principais preocupações as questões sobre “aumento do custo de produção” e “infraestrutura logística”.

Pelo 2º trimestre ser caracterizado pelo término da colheita dos grãos de verão, onde o foco dos produtores passa a ser a comercialização, itens como, “legislação ambiental”, “legislação trabalhista”, “nível de endividamento”, “falta de financiamento”, “segurança jurídica no campo”, “carga tributária” e “custo de energia” foram menos citados que na sondagem anterior.

Intenção de investimentos

No 2º trimestre de 2014, houve manutenção da expectativa de investimento em tecnologia ligada ao custeio: os agricultores/pecuaristas que responderam que farão investimentos adicionais representaram 62,5% na sondagem atual, praticamente o mesmo nível da sondagem anterior.

O investimento em “custeio/tecnologia” está fortemente direcionado ao “controle de pragas e doenças”, bem como à “aquisição de sementes”. Este resultado está intimamente ligado a duas preocupações: “alta incidência de pragas e doenças” e “aumento no custo de produção”, que levam a um maior uso de defensivos agrícolas e de sementes mais produtivas.

Vale destacar o aumento no número de produtores interessados em investir mais em fertilizantes, em comparação com a sondagem anterior.

Em relação aos demais itens, 29,5% dos agricultores entrevistados disseram que farão investimentos adicionais em “máquinas e equipamentos” agrícolas, com destaque para a aquisição de tratores, seguidos pela intenção de compra em plantadeiras e colheitadeiras. A variação é positiva em relação ao primeiro trimestre de 2014, quando 25,5% afirmaram que pretendiam investir em máquinas e equipamentos.

Quanto à “gestão de pessoas”, foi observada a manutenção do nível de 30,2% dos agricultores que afirmaram que realizarão investimentos adicionais, com destaque para a “formação técnica dos operadores de máquinas e implementos”, fato ligado à preocupação demonstrada com a “falta de trabalhador qualificado”.

No caso de “infraestrutura”, o resultado aponta que os novos investimentos serão realizados em “silo ou armazém graneleiro”, em linha com as sondagens anteriores. A seguir, aparecem: “estradas, benfeitorias, alojamento e refeitório” e “equipamentos de irrigação”.

O produtor pecuário também manteve a alta disposição para a realização de novos investimentos em “infraestrutura”. Os itens “cercas, cochos e bebedouros”, “ordenha, curral ou free stall” e “confinamento” concentram o foco do pecuarista. Os elevados preços da @ do boi gordo e bezerro, aliados a disponibilidade de crédito, levam a este cenário de aumento dos investimentos no próprio negócio.



A seguir, apresentamos os principais resultados.

Agropecuária - Os maiores problemas do seu negócio (RM em % Ranking) - 2º Trimestre de 2014

Agricultura - Investirá mais em tecnologia/custeio? (RU em %) - 2º Trimestre de 2014

63%
*Controle de pragas, doenças e ervas daninhas

Agricultura - Investirá mais em máquinas e equipamentos? (RU em %) - 2º Trimestre de 2014

30%

Agricultura - Investirá mais em infraestrutura? (RU em %) - 2º Trimestre de 2014

29%

Agricultura - Investirá em mais gestão de pessoas? (RU em %) - 2º Trimestre de 2014

30%

Pecuária - Investirá mais? (RU em %) - 2º Trimestre de 2014

53%