<img height="1" width="1" alt="" style="display:none" src="https://www.facebook.com/offsite_event.php?id=6010927731378&amp;value=0&amp;currency=BRL" />

Resultados

O Índice de Confiança do Agronegócio (IC Agro) mensura, por meio de entrevistas com produtores agropecuários, a percepção econômica em geral, do Brasil e do estado, além da condição específica do negócio, das indústrias e cooperativas que atuam nos diferentes elos da cadeia. A divulgação é trimestral, juntamente com o painel de investimentos.

No levantamento realizado no período compreendido entre novembro de 2013 e janeiro de 2014, o Índice de Confiança do Agronegócio registrou 104,5 pontos em uma escala que varia de 0 a 200 pontos. O resultado demonstra um otimismo cauteloso por parte dos segmentos entrevistados.

No caso dos produtores, parte da explicação do resultado de 97,5 pontos, inferior ao índice geral, é encontrada nos seguidos anos de preços internacionais mais atrativos, enquanto é crescente a preocupação com o aumento da incidência de pragas e doenças, legislações mais rigorosas, falta de trabalhador qualificado, sendo esses alguns dos fatores que têm impactado negativamente os custos de produção. Foi justamente o Custo de Produção, dentre as variáveis pesquisadas, que mais pesou para baixo no resultado final, com 61,6 pontos.

Dos três elos da cadeia, destaca-se o Antes da Porteira da Fazenda", com uma confiança de 109,8 pontos, seguida do índice "depois da porteira", que registrou 109,3 pontos, resultados muito próximos e que contribuíram positivamente para a formação do índice geral.

Para a indústria, o destaque entre as variáveis pesquisadas refere-se à Situação do Setor, com 123,5 pontos.

Tanto para a indústria quanto para os produtores, o item Economia do Brasil puxou o resultado para baixo, com idênticos 84,9 pontos.

Vale destacar, no caso do Índice Dentro da Porteira da Fazenda, que os resultados representam uma média ponderada entre as diversas culturas analisadas.

Nesse levantamento, os produtores de soja e algodão puxaram o resultado para cima e os de café, cana-de-açúcar e laranja foram aqueles que mais contribuíram negativamente.



A seguir, são apresentados os resultados em cada elo da cadeia produtiva. Os destaques podem ser encontrados através do download.

Produtor Agrícola
97,6
Índice do Produtor Agropecuário *
(Produtor Agrícola e Pecuário)
97,5
Produtor Pecuário
96,9
* Agricultura = 75% e Pecuária = 25%
Abaixo de 100 indica pessimismo. Acima de 100 indica otimismo.
Antes da Porteira*
109,8
Índice da Indústria
(Antes e Depois da Porteira)
109,5
Depois da Porteira*
109,3
* Antes da Porteira = 30% e Depois da Porteira = 70%
Abaixo de 100 indica pessimismo. Acima de 100 indica otimismo.
Antes da Porteira
97,5
Produtor Agropecuário
104,5
Depois da Porteira
109,5
Abaixo de 100 indica pessimismo. Acima de 100 indica otimismo.